quarta-feira, 17 de março de 2010

Colo, cafuné, abraço e nada mais!

“Eu quis te conhecer, mas tenho que aceitar
Caberá ao nosso amor o eterno ou o não dá
Pode ser cruel a eternidade
Eu ando em frente por sentir vontade

Eu quis te convencer, mas chega de insistir
Caberá ao nosso amor o que há de vir
Pode ser a eternidade má
Caminho em frente pra sentir saudade"

(Janta – Marcelo Camelo)


Um colo, um cafuné, um abraço e nada mais! Só isso para me fazer feliz. Dê-me um pouco de seu carinho e te darei um sorriso. Vontade de preguiçosamente fazer nada no colo alguém recebendo um cafuné acompanhado de um abraço bem apertado. Coisas minhas, coisa de quem é grudenta eu sei. Mas penso pelo lado bom, veja quão simples podes me fazer feliz. Não precisa de jóias caras, jantar a luz de velas nem presentes. Só preciso de você! Basta desligar-me deste mundo no embalo de um carinho! Estarei rendida!

Até Breve!

4 comentários:

  1. que lindoooooooooo!!!!!!!!! estamos apaixonadasss...

    ResponderExcluir
  2. ê ê! me conta isso direitinho ein?! apaixonada?? rhumm! hahaha saudadeeeeee!

    ResponderExcluir
  3. Gostei páa krlho¹ :D (

    ResponderExcluir

Deixa você também seu Lero-Lero....