segunda-feira, 29 de março de 2010

Hora do Mergulho

“Feche a porta, esqueça o barulho
Feche os olhos, tome ar: é hora do mergulho
Eu sou moço, seu moço, e o poço não é tão fundo"
(Hora do Mergulho – Gessinger)



É hora do mergulho! Mergulhar de cabeça em um novo projeto que Deus tem para mim. As coisas acontecem simples como a oração do dia anterior, você pede a direção e ele gentilmente age como quem diz: Eu cuido de Ti.

O porvir é sempre uma incógnita, mas nunca um caminho escuro, é claro como um mergulho com os olhos abertos. É a mesma sensação de paz que todo azul da água transmite.

A cada mergulho fôlego renovado para um novo salto que sempre me leva a um poço ainda mais desafiador. São os desafios que Deus me propõe que me movem e se vem Dele não tenho porque temer.

É a hora do mergulho!

Até Breve!

terça-feira, 23 de março de 2010

Qual a distância entre nós?

“Não sei se o mundo é bom
Mas ele ficou melhor quando você chegou
E perguntou: Tem lugar pra mim?
Espatódea, Gineceu, Cor de pólen
Sol do dia, Nuvem branca, Sem sardas”
(Espatódea – Nando Reis)



Qual a distância entre nós? Talvez ainda não aja uma medida eficiente para expressar o que seria essa distância. Ela pode ter sido por um tempo física, mas algo muito maior sempre nos uniu.

Longe do meu olhar e próxima do meu coração. Saiu do meu dia-a-dia, mas permaneceu presente no meu bem querer e em nossos encontros esporádicos tive a certeza de que a amizade permanecia intacta.

Momentos de REP’s independentes, pausa 7 corrida, Cinema, chocolate e terapia no shopping, formatura .... Haaaa a formatura!! Nem acreditei que estava lá, mas lá estava! Com aquele sorriso que aperta ainda mais os olhos, com uma câmera gigante e com um abraço que sabe confortar. Segundos de abraços que pareceram durar alguns anos de distância.

E na primeira oportunidade te resgato para o meu dia-a-dia, porque tudo fica mais fácil só de saber que está logo ali do lado pronta para invadir minha sala e me arrancar um sorriso, dar colo para fazer cafuné e terapia, ir lanchar na padaria, bater perna no shopping ou simplesmente pra comer as minhas balinhas.

É a minha flor, minha vespa, a menina do olho junto, a b_t_t_n_a (censurado) , a smiga, a Chris. A prova de que distância é relativa. A minha certeza de que por mais que algum dia nossas vidas tomam rumos diferentes, de novo, a distância entre a nossa amizade será nula. Uma pessoa que faz parte da minha história e com certeza fará do meu futuro.

Você consegue de mim o que tenho de melhor! E me faz feliz estar perto de alguém que faça isso comigo!

Amooooo!

Até Breve!

quarta-feira, 17 de março de 2010

Colo, cafuné, abraço e nada mais!

“Eu quis te conhecer, mas tenho que aceitar
Caberá ao nosso amor o eterno ou o não dá
Pode ser cruel a eternidade
Eu ando em frente por sentir vontade

Eu quis te convencer, mas chega de insistir
Caberá ao nosso amor o que há de vir
Pode ser a eternidade má
Caminho em frente pra sentir saudade"

(Janta – Marcelo Camelo)


Um colo, um cafuné, um abraço e nada mais! Só isso para me fazer feliz. Dê-me um pouco de seu carinho e te darei um sorriso. Vontade de preguiçosamente fazer nada no colo alguém recebendo um cafuné acompanhado de um abraço bem apertado. Coisas minhas, coisa de quem é grudenta eu sei. Mas penso pelo lado bom, veja quão simples podes me fazer feliz. Não precisa de jóias caras, jantar a luz de velas nem presentes. Só preciso de você! Basta desligar-me deste mundo no embalo de um carinho! Estarei rendida!

Até Breve!

terça-feira, 16 de março de 2010

Diferente dos anjos

"Agora eu sei a razão da gente estar aqui

O que nos faz diferentes dos anjos é o amor

A possibilidade de amar"

Bandinha que meu Chegado's Forever me apresentou!! Muito bom! Recomendo: Fruto Sagrado. Um super presente do meu amigo Pablera!! Agora além de tudo é meu consultor de bandinhas novas! Adoroooo!

video

Até Breve!

quinta-feira, 11 de março de 2010

Tempestade de pensamentos



Complexa sim!
Indecisa talvez!
Feliz? Com certeza
Não, feliz não, poderia se dizer extremamente feliz .
Mudanças? É nem eu estou entendo ao certo, Sua louca!
Metamorficamente seguindo a cada dia para um caminho melhor.
Explosão de tudo o que o bom!
Reaprendendo todos os dias o caminho do bem estar.
Bem estar bem!
Bem melhor do que o espelho refletiu ontem, na semana passada, no mês passado aliais melhor seria dizer no ano passado ou retrasado!
Tão confuso quanto este texto só o coração! Confusão Boa!
Às vezes falta-me o ar!
Tempestade de pensamentos ... haa se eu ao menos pudesse entender explicaria tudo a você!

Até uma Breve Calmaria!


domingo, 7 de março de 2010

“Nádegas” a declarar!



Permita-me um protesto! Eu sei que atualmente a beleza é que dita o comportamento das pessoas! Mas o que eu ganho sendo uma top model? Elogios? Desejos pecaminosos? E... Alguém que me trocar pela primeira gostosa que passar? Não obrigada!

Não tenho a pretensão de estar linda e bela para ser cobiçada e desejada e.... descartada! É, descartada porque é isso que ocorre com quem está em busca da beleza. Maldade? Não, é que ela é efêmera mesmo. É claro que é sempre bom estar bem, se cuidar, é questão de saúde e auto estima, mas me incomoda o fato de algumas pessoas não terem a capacidade de olhar para meus olhos e ver o que tenho de mais valioso.

Mais dia ou menos dia a força da gravidade atua e tudo cai! Mas com o tempo a inteligência e sabedoria só tende a aumentar. Uma pena que as pessoas hoje não consigam valorizar a alma. É triste ver a proliferação de relacionamentos relâmpagos e vazios.

Irrita-me pensar que alguns quilos a menos na balança me tornem uma pessoa “interessante”. Eu não sou uma casca! Dispenso este interesse! Isso não me leva à lugar nenhum, alias, leva a escravidão da vaidade. As pessoas são muito mais do que os olhos podem ver e a felicidade não se esconde atrás de um corpo malhado.

Longe de mim estar dizendo aqui que não devemos nos cuidar, jamais, acho que temos sim é sempre bom estar bem fisicamente o que não podemos e deixar que isso nós cegue ou nós leve para um caminho de futilidades encaminhando a vida para um vazio.

Não quero ser desejada, mas sim amada. Não pretendo acordar ao lado do Gianecchini só quero alguém que seja capaz de estampar o sorriso no meu rosto todos os dias. Ufa! Mais “NADEGAS” a declarar se é que a Fernanda Abreu me permite a licença poética.

Até Breve!