segunda-feira, 28 de setembro de 2009

Sorriso Indeciso



Se quer te conheço muito
Mas espero que entenda meu intuito
Não pretendo desmerecer seu sorriso
Mas percebi que ele é um tanto quanto indeciso

Indeciso porque parece estar no rosto
Por você imposto
Como quem quer provar ao mundo
“Sou feliz!” Quando não é o que sente no fundo

Talvez nem todos possam perceber
Mas seu sorriso é só para se defender
Te tudo que te faz chorar
E que você prefere não demonstrar

Mas falta o brilho no seu olhar
E até mesmo quem sabe lutar
Para trazer sinceridade ao seu sorriso
Que hoje parece um improviso


Até Breve!

sexta-feira, 25 de setembro de 2009

Miss Imperfeita

Texto de Martha Medeiros - Jornalista e escritora

'Eu não sirvo de exemplo para nada, mas, se você quer saber se isso é possível, me ofereço como piloto de testes. Sou a Miss Imperfeita, muito prazer. A imperfeita que faz tudo o que precisa fazer, como boa profissional, mãe, filha e mulher que também sou: trabalho todos os dias, ganho minha grana, vou ao supermercado, decido o cardápio das refeições, cuido dos filhos, marido (se tiver), telefono sempre para minha mãe, procuro minhas amigas, namoro, viajo, vou ao cinema, pago minhas contas, respondo a toneladas de e mails, faço revisões no dentista, mamografia, caminho meia hora diariamente, compro flores para casa, providencio os consertos domésticos e ainda faço as unhas e depilação!

E, entre uma coisa e outra, leio livros. Portanto, sou ocupada, mas não uma workholic. Por mais disciplinada e responsável que eu seja, aprendi duas coisinhas que operam milagres. Primeiro: a dizer NÃO. Segundo: a não sentir um pingo de culpa por dizer NÃO. Culpa por nada, aliás.

Existe a Coca Zero, o Fome Zero, o Recruta Zero. Pois inclua na sua lista a Culpa Zero. Quando você nasceu, nenhum profeta adentrou a sala da maternidade e lhe apontou o dedo dizendo que a partir daquele momento você seria modelo para os outros.

Seu pai e sua mãe, acredite, não tiveram essa expectativa: tudo o que desejaram é que você não chorasse muito durante as madrugadas e mamasse direitinho. Você não é Nossa Senhora. Você é, humildemente, uma mulher.

E, se não aprender a delegar, a priorizar e a se divertir, bye-bye vida interessante. Porque vida interessante não é ter a agenda lotada, não é ser sempre politicamente correta, não é topar qualquer projeto por dinheiro, não é atender a todos e criar para si a falsa impressão de ser indispensável. É ter tempo.
Tempo para fazer nada. Tempo para fazer tudo. Tempo para dançar sozinha na sala. Tempo para bisbilhotar uma loja de discos. Tempo para sumir dois dias com seu amor. Três dias. Cinco dias! Tempo para uma massagem. Tempo para ver a novela. Tempo para receber aquela sua amiga que é consultora de produtos de beleza. Tempo para fazer um trabalho voluntário. Tempo para procurar um abajur novo para seu quarto. Tempo para conhecer outras pessoas. Voltar a estudar. Para engravidar. Tempo para escrever um livro que você nem sabe se um dia será editado. Tempo, principalmente, para descobrir que você pode ser perfeitamente organizada e profissional sem deixar de existir.

Porque nossa existência não é contabilizada por um relógio de ponto ou pela quantidade de memorandos virtuais que atolam nossa caixa postal.

Existir, a que será que se destina? Destina-se a ter o tempo a favor, e não contra. A mulher moderna anda muito antiga. Acredita que, se não for super, se não for mega, se não for uma executiva ISO 9000, não será bem avaliada. Está tentando provar não-sei-o-quê para não-sei-quem.

Precisa respeitar o mosaico de si mesma, privilegiar cada pedacinho de si. Se o trabalho é um pedação de sua vida, ótimo! Nada é mais elegante, charmoso e inteligente do que ser independente. Mulher que se sustenta fica muito mais sexy e muito mais livre para ir e vir. Desde que lembre de separar alguns bons momentos da semana para usufruir essa independência, senão é escravidão, a mesma que nos mantinha trancafiadas em casa, espiando a vida pela janela.

Desacelerar tem um custo. Talvez seja preciso esquecer a bolsa Prada, o hotel decorado pelo Philippe Starck e o batom da M.A.C. Mas, se você precisa vender a alma ao diabo para ter tudo isso, francamente, está precisando rever seus valores. E descobrir que uma bolsa de palha, uma pousadinha rústica à beira-mar e o rosto lavado (ok, esqueça o rosto lavado) podem ser prazeres cinco estrelas e nos dar uma nova perspectiva sobre o que é, afinal, uma vida interessante'

Até Breve!

quinta-feira, 24 de setembro de 2009

Apenas mais uma de amor

Ouça!

video

Até Breve!

terça-feira, 22 de setembro de 2009

Enigma

"Se é que conheço você só de te observar
Posso apostar que não vai me decepcionar"
(Anormal - Patu fu)

O que se passa no seu coração? O que seus olhos querem me dizer? Se eu pudesse te decifrava. Se eu pudesse, de ti cuidava. Em um momento oportuno te abraçarei e beijarei. Ainda vou te levar para casa. Por enquanto você é só um enigma!

Até Breve!

sábado, 19 de setembro de 2009

Agridoce


E foi por causa de suas atitudes que a vida ficou agridoce

Poderia ter confiado, mas preferiu duvidar
Poderia ter entendido, mas preferiu questionar
Poderia ter amado, mas preferiu ter ciúmes
Poderia ter resolvido, mas preferiu remoer o que passou
Poderia ter ficado alegre, mas preferiu o mau humor
Poderia ter sido maleável, mas preferiu aprisionar
Poderia ter sorrido, mas preferiu brigar
Poderia ter cuidado, mas preferiu sufocar
Poderia ter agido, mas preferiu só cobrar
Poderia ter, mas perdeu

Perdeu porque o sorriso em lágrima se transformou
Perdeu porque a vida que ia doce amargou
Perdeu porque ela era doce demais para seu jeito amargo
Perdeu porque o que estava já estava agridoce azedou!

Até Breve!

sexta-feira, 18 de setembro de 2009

Sorriso fácil

"E sorri, pois senti um amor sem igual
Como uma canção composta em meu coração
Pode te transmitir toda verdade do que sinto por você”
(Uma trilha sem dor – Rosa de Saron)
.

Uma pessoa de sorriso fácil. Realmente, se sorrir causar rugas eu to no sal. Eu ando parecendo uma boba alegre, fico sorrindo o tempo todo, às vezes até quando eu estou sozinha. E hoje fiquei muito feliz e ri mais ainda porque ouvi coisas que agradaram ao meu coração.

Duas pessoas me falaram que meu sorriso as fazem bem. Um deles chegou a dizer que eu não devo parar de sorrir nunca porque eu não tenho noção do bem que meu sorriso fez a ele. Poxa, isso foi muito legal! Eu estou sempre buscando um jeito ajudar as pessoas que estão ao meu redor, mas nunca pensei que pudesse ser tão simples assim. Simplesmente sorrir!

Talvez esteja faltando um pouco de sorrisos neste mundo. A resposta a um sorriso é na maioria das vezes outro sorriso. Uma amiga minha diz que estou sempre sorrindo e sou muito positiva e que por isso as coisas na minha vida dão certo. Não sei se sou positiva porque sorrio muito ou se sorrio muito porque sou positiva o que sei é que quem me da tanta alegria todos os dias e encaminha as coisas na minha vida é Deus. É por tudo que eles faz no meu dia-a-dia que este bendito sorriso nunca sai do meu rosto.

Não tenho o direito de negar isso Ele. É impossível ver tanta ação do Senhor e não ficar alegre. Não tenho o direito de pensar em um só minuto que não tenho a melhor família que poderia ter, os melhores amigos que poderia ter ou o melhor emprego que poderia ter.

Eu acredito e confio! E o mínimo que posso fazer para agradecer a todo momento por tudo é sorrir!!

Até Breve!

quarta-feira, 16 de setembro de 2009

Presente



Tudo correndo bem. É tão bom ver as coisas caminhando dentro do esperado. Tudo acontecendo dentro da mais perfeita ordem. Estou muito feliz, pra variar né, acho que seria melhor dizer extremamente feliz. É maravilhoso ver a mão de Deus em nossas vidas.

Só uma coisa vem me desanimando um nos últimos dias, o calor. E há tempos meu ventilador quebrou.

Mas hoje um presente me esperava depois de passar muito calor na volta para casa. Em cima da minha cama uma caixa enorme! De que? De um ventilador!!! Acabou meu único motivo de desanimo. Agora sim, é só alegria. Pensa numa pessoa empolgada montando seu mais novo presente.

Até nisso o Senhor pensou? Deus é bom de mais!

Até Breve....vou me refrescar!

terça-feira, 15 de setembro de 2009

Sorrisos



Quando um sorriso se vai, segue carona com ele um pouco da alegria do coração de quem não o verá mais no dia-a-dia. Sorrisos deviam ser proibidos serem levados para longe da gente.

Coleciono os sorrisos das pessoas, guardo na cabeça cada um que se foi que está longe ou perto. Em momentos inesperados me permito lembrar de cada um para adoçar o coração.

É interessante pensar como algo simples faz tão bem. Confesso que sou dependente dele. O último que se foi vai fazer muita falta, espero vê-lo novamente em breve! Que a alegria daquelas gargalhadas iluminem e alegrem a vida de outras pessoas também.

Já garanti a lembrança dele na minha cabeça está guardado para ser lembrado em um momento oportuno.

Saudades!

Até Breve!


Maçãs

"As Melhores Mulheres Pertencem Aos Homens Mais Atrevidos " Mulheres são como maçãs em árvores. As melhores estão no topo.. Os homens não querem alcançar essas boas, porque eles têm medo de cair e se machucar. Preferem pegar as maçãs podres que ficam no chão, que não são boas como as do topo, mas são fáceis de se conseguir. Assim as maçãs no topo pensam que algo está errado com elas, quando na verdade, ELES estão errados... Elas têm que esperar um pouco para o homem certo chegar, aquele que é valente o bastante para escalar até o topo da árvore."
.
(Machado de Assis)

sábado, 12 de setembro de 2009

Rosa de Saron

Foi de arrepiar até alma! Sinceramente não tem explicação “com minhas mãos eu toco o céu enquanto elevo o coração”. “E o tempo voou e nem percebi” enquanto eu “abro o coração e coloco-me aos Teus pés”.

A cada canção “eu entreguei os meus caminhos pra Te sentir” e pedia: “Manda teu espírito vem me abraça pra eu não chorar preciso de ti aqui pra me consolar”. “Sei que em Você encontro meu alento, estendo as minhas mãos entrego os meus sentimentos”.

A cada novo acorde eu “te louvo em verdade, pois somente tenho a Ti”, afinal “minha vida, minha história só fez sentido quando eu Te conheci”, pois “com você eu sei me sinto forte, com você não temo a minha sorte e eu sei que isso veio de Você”.

Momentos como estes só me fazem ter a certeza de que “preciso de Você aqui junto de mim, no meu coração”.

Obrigada Senhor!

Com certeza o melhor show da minha vida!

Até Breve!
Trechos das músicas: Logo após o temporal , Rara Calma, As dores do silênci, Te louvo em verdade, Sem você, Do alto da pedra)


quarta-feira, 9 de setembro de 2009

Ela vê!

É inexplicável. De alguma forma ela vê. Não tem bola de cristal, baralhos ou linhas das mãos. Simplesmente vem a vontade de dizer algo as pessoas que ama e... acaba acontecendo. Não pode controlar muito menos decidir a hora de falar, as palavras saem do coração em meio a sorrisos e.... pronto! É divino! Com certeza! Que coisas maravilhosas continuem a sair de sua boca.


Até Breve


terça-feira, 8 de setembro de 2009

Reflexão



"Deus, me dê paciência, porque se me der força ... EU BATO!!!!!!! "


Sábias palavras Lu!


Penso que ainda estou de TPM.


Até Breve!

domingo, 6 de setembro de 2009

Afaste-se!

"Quando eu estiver louco subtamente se afaste"
(Sutilmente - Skank)


Alerta! Afaste-se! Pessoa insuportável à vista e a ponto de explodir! Haaaa essa TPM, o inchaço é comum, mas este mês está de mais só de me olhar dói!! Nem pense em esbarrar em mim, eu matoooooo!

A comissão de frente está tipo mulher americana, esse peso esta irritando profundamente a alma. Depois a gente mata um nesses dias e o povo não entende, acha que somos psicopatas.

Mulheres com TPM deviam ganhar uma semana no SPA isoladas de tudo e de todos. Vai uma dica ai Tente Pertubar Menos. Todos saímos ganhando!

Estou azeda!

Até Breve!

sexta-feira, 4 de setembro de 2009

Franjinha


Como a gente pode sentir saudades de algo que nos importuna tanto? Ela fica caindo o tempo todo no meu olho e se recusa a ficar presa atrás da orelha. Se eu seco com o secador, ela fica voando toda serelepe se deixo secar naturalmente fica parecendo uma doida varrida.

Eu e minha franjinha. Não sei por que insisto em dar vida a ela. Vira e meche me canso do cabelo e penso: “Vou mudar” e quando ela começa a me dar trabalho lembro porque fiquei tanto tempo com o cabelo reto na frente.

Uma gracinha, mas complicada de cuidar! Essa tal de franjinha é muito rebelde, tem vontade própria. Mas tudo bem, quando ela “quetar” fica legal. O problema é até conseguir disciplinar ela. Mas estou diariamente com meu chicotinho domando ela.

Eu sou brasileira e não desisto nunca!

Até Breve!

quinta-feira, 3 de setembro de 2009

Lucky

Mais uma música que gostaria de compartilhar! Não sei porque ela me lembra alguém ... kkkkk ... Foi invevitável ao ler a letra!! Alma Gêmea querida essa num é rock mas acho que devia entrar no seu repertório!! kkkk Lembrei de vc na hr!!!

video


Do you hear me? I'm talking to you
Você me escuta ? Eu estou falando com você
Across the water across the deep blue ocean
Além do mar e do profundo oceano
Under the open sky oh my, baby I'm trying
Debaixo do céus abertos, baby, estou te amando


Boy I hear you in my dreams

Garoto eu ouço sua voz em meus sonhos
I fell your whisper across the sea
Ouço seu sussurro além do mar
I keep you with me in my heart
Mantenho você em meu coração
You make it easier when life gets hard
Você torna fácil o que parece difícil


I'm lucky I'm in love with my best friend
Tenho sorte de estar apaixonada pelo meu melhor amigo
Lucky to have been where I have been
Tenho sorte de estar onde deveria estar
Lucky to be coming home again
Tenho sorte de estar contigo
Oooohhhhoohhhhohhooohhooohhooohoooh
Oooohhhhoohhhhohhooohhooohhooohoooh


They don't know how long it takes
Eles não sabem quanto tempo demora
Waiting for a love like this
Esperando por um amor como este
Every time we say goodbye
Cada vez que dizemos até logo
I wish we had one more kiss
Eu queria mais um beijo
I wait for you I promise you, I will
Eu esperarei por você, prometo


I'm lucky I'm in love with my best friend
Tenho sorte de estar apaixonada pelo meu melhor amigo
Lucky to have been where I have been
Tenho sorte de estar onde deveria estar
Lucky to be coming home again
Tenho sorte de estar contigo
I'm lucky we're in love every way
Tenho sorte de estamos nos amando de todas as formas
Lucky to have stayed where we have stayed
Tenho sorte de ter ficado ao seu lado
Lucky to be coming home someday
Tenho sorte de estar contigo hoje e sempre


And so I'm sailing through the sea
E velejo pelo mar
To an island where we'll meet
Em direção a uma ilha onde ficaremos
You'll hear the music, feell the air
Você ouve a música, sente o ar
I put a flower in your hair
Coloco uma flor em seus cabelos


And though the breeze is through the trees
A brisa e as árvores
Move so pretty you're all I see
A tornam mais bonita do que já é
As the world keeps spinning round
Deixe o mundo girar a nossa volta
You hold me right here right now
Estamos nos amando


I'm lucky I'm in love with my best friend
Tenho sorte de estar apaixonada pelo meu melhor amigo
Lucky to have been where I have been
Tenho sorte de estar onde deveria estar
Lucky to be coming home again
Tenho sorte de estar contigo
I'm lucky we're in love every way
Tenho sorte de estamos nos amando de todas as formas
Lucky to have stayed where we have stayed
Tenho sorte de ter ficado ao seu lado
Lucky to be coming home someday
Tenho sorte de estar contigo hoje e sempre


Ooohh ooooh oooh oooh ooh ooh ooh ooh
Ooohh ooooh oooh oooh ooh ooh ooh ooh
Ooooh ooooh oooh oooh ooh ooh ooh ooh
Ooooh ooooh oooh oooh ooh ooh ooh ooh

Até Breve!

O vulto!


Todas as vezes que ela chega em casa, tem a certeza de ver um vulto pelo vidro da cozinha. Ao acionar o portão o vulto parece olhar como quem diz: “Ela chegou” e desaparece como se entrasse para copa. Como de costume, ela verifica em todos os cômodos e percebe que tudo não passou de ilusão. Ilusão? Todas às vezes? De uma coisa ela tem certeza, é algo bom que parece sempre proteger a casa!

Até Breve!

quarta-feira, 2 de setembro de 2009

A Chuva!


O calor do asfalto e os problemas do dia-a-dia foram apagados pela chuva que caiu de repente em pleno setembro. Cada gota uma lembrança. Banhos de chuva quando criança, piscina quente e chuva com a melhor amiga em Caldas Novas, beijo em meio à chuva no ponto de ônibus, distribuidor do carro molhado e o socorro do pai e o convite para caminhar e namorar na praia de baixo de chuva.

Todos poderiam ter sido apenas mais um dia de chuva, mas não foi!

Até Breve!